DANO AMBIENTAL PROVOCA ALERTA NO ABASTECIMENTO DA ETA 1

Estouro de tanque de 25 toneladas de empresa atingiu rede pluvial

 

O estouro de um tanque de 25 toneladas de uma empresa localizada próxima a Represa Saturnino de Brito provocou alerta no sistema de abastecimento da Estação de Tratamento de Água-ETA 1. 

Após conhecimento do acidente, colaboradores do DMAE que atuam no Laboratório foram imediatamente até o local para avaliar qual tipo de material teria sido despejado nos rios, avisando também as autoridades e instituições ligadas ao meio ambiente do município e do Estado.

A preocupação era que o fato viesse a comprometer a qualidade da água da represa Saturnino de Brito, local de captação da ETA 1 e gerasse a paralisação daquela Estação, interrompendo o abastecimento dos bairros localizados na região leste da cidade. 

“O mais importante nestes casos é assegurar, por meio de análises químicas que a água não foi contaminada, buscando preservar a saúde da população. Para isto, necessitamos esgotar todas as possibilidades o que nos deixou em sinal de alerta o dia todo. Continuamos monitorando a situação, mas em princípio não haverá a paralisação do abastecimento de água, já que a ETA 1 está operando normalmente” ressaltou o diretor do DMAE, Antônio Roberto Menezes.